Connect with us

Internacional

VÍDEO: Marcelino Toral emocionado num adeus sem papas na língua

Depois do despedimento que causou choque em Espanha, Marcelino Toral marcou para esta manhã uma conferência de imprensa em que não teve papas na língua e fez algumas revelações curiosas.

Segundo o treinador de 54 anos, por incrível que pareça a conquista da Taça do Rei em maio foi o início dos problemas:

“Não recebemos nenhuma felicitação em Sevilha por parte do proprietário. Quando a 19 de julho fui a Singapura felicitou-me pelo apuramento para a Liga dos Campeões e não pela conquista da Taça. Podeis entender a minha surpresa.

Estou seguro, absolutamente, que o detonador desta situação foi a Taça. Durante a temporada recebemos mensagens diretas e de outras pessoas que tínhamos que ignorar a Taça. Os adeptos queriam lutar pela Taça, os jogadores também. Nós, equipa técnica, queríamos lutar pela Taça. Ganhar foi o detonador desta situação.”

De seguida explicou como lhe foi comunicada a saída e como reagiu:

“Dois empleados vinham dar-me una carta, mas o Mateu quis me transmitir pessoalmente porque ele disse que foi quem me trouxe até aqui. Não tive conversas com mais ninguém do clube…

Senti incredulidade, não podia acreditar. Depois não sei te dizer. Perante os objectivos alcançados… não entra dentro da lógica que este corpo técnico respeitando sempre os códigos de trabalho pactados em maio de 2017 deixe de pertencer e exercer as suas funções. Isso foi o que senti. Incredulidade e impotência.”

Marcelino Toral acabou ainda por se emocionar ao falar do plantel:

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

More in Internacional