Connect with us

Internacional

Jogou com o nome da mãe para a homenagear, mas acabou a ser humilhado

O jogo de ontem do Brasileirão entre o Santos e o Vasco da Gama(3-0) fica marcado por uma situação lamentável.

O guarda-redes Sidao, do Vasco, disputou o encontro com o nome da mãe(Vera Lúcia) na camisola. A sua progenitora faleceu em 2011 e o jogador sentiu-se, na altura, de certa forma culpado pela forma como se comportava. Chegou mesmo a pensar em suicidar-se…

Aproveitou então o dia de ontem(dia da mãe em alguns países) para a homenagear de novo.

A partida não correu bem para a sua equipa que perdeu por 3-0, nem para o jogador que teve um erro grave no primeiro golo, mas o pior ainda estava para vir. Na votação da Globo para escolher o melhor jogador em campo, Sidao foi o mais votado de forma irónica, mas acima de tudo cruel pelos telespetadores.

 

Apesar de tudo a Globo entregou na mesma o prémio ao guarda-redes após o apito final num momento absolutamente nojento como pode ver acima. Sidao teve de se conter, mas mais tarde acabou por reagir.

Entretanto já tem recebido várias mensagens de apoio dos colegas de equipa, outros jogadores e inclusive de clubes adversários como o São Paulo pelo qual já passou anteriormente.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

More in Internacional