Connect with us

Internacional

Ucrânia não será castigada devido à utilização de Júnior Moraes

A UEFA revelou esta sexta-feira que rejeitou os protestos de Portugal e Luxemburgo relativamente a uma suposta utilização indevida de Júnior Moraes.

O avançado brasileiro, naturalizado ucraniano, disputou os dois primeiros jogos pela Ucrânia diante de Portugal e Luxembergo tendo se colocado muito em causa o facto de poder ou não ser utilizado.

Suspeitava-se que o jogador de 32 anos do Shakhtar não respeitaria totalmente os critérios necessários.

As federações de Portugal e do Luxemburgo defendiam que Júnior Moraes não viveu na Ucrânia durante 5 anos consecutivos, pois perto de atingir esse número terá se transferido para a China, voltando depois mais tarde à Ucrânia.

No entanto, a UEFA rejeitou estes protestos e sendo assim a Ucrânia continua líder com 4 pontos em 2 jogos, o Luxemburgo tem 3 pontos igualmente com 2 jogos, Portugal tem 2 pontos também em 2 jogos, enquanto que a Sérvia e a Lituânia, que só disputaram 1 encontro têm 1 e 0 pontos respectivamente.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

More in Internacional