Estoril humilha Académica com resultado surreal em Coimbra

O Estoril goleou na manhã deste domingo a Académica de Coimbra por 7-2 que vive por estes dias uma grave crise.

Logo aos 8 minutos Pedro Queirós abriu o marcador e adiantou os canarinhos. Aos 12 minutos, Hugo Almeida ainda devolveu a esperança aos estudantes, empatando a partida a uma bola.

Só que daí em diante a Académica pouco ou nada conseguiu fazer. O Estoril aproveitou e apontou mais três ainda antes do intervalo. Boa Morte, Roberto e Vigário marcaram aos 19′, 24′ e 45 minutos respectivamente. 

A abrir a segunda metade, aos 53 minutos, Hugo Almeida reduziu para a Académica, mas de nada valeu. Aos 61 minutos, Vigário bisou e dilatou a vantagem do Estoril. Dadashov apontou os dois últimos golos 71 e 90+1.

Antes da partida a claque Mancha Negra tinha deixado um aviso, mas definitivamente de pouco valeu:

“Até pode vir o Guardiola, se o compromisso não mudar… Desculpas são para amadores, profissionais deixam tudo em campo”.

A Académica está a ter um arranque desastroso com duas derrotas, três empates e apenas uma vitória na Segunda Liga e além disso foi eliminada da Taça pelo Pedras Salgadas do terceiro escalão no fim-de-semana passado.  Um resultado que provocou o despedimento de Carlos Pinto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.