Procurador pediu penalização de 15 pontos, mas foram apenas retirados 3 pontos

A FIGC(Federação Italiana de Futebol) anunciou esta quinta-feira que o Chievo Verona foi penalizado com a retirada de 3 pontos já nesta edição da Série A. A Procuradoria da FIGC tinha pedido uma penalização de 15 pontos mas a equipa de Verona livra-se assim de uma situação que poderia complicar imenso a sua manutenção no máximo escalão do futebol italiano.

Além dos 3 pontos de penalização o Chievo foi multado ainda em 200 mil euros. Na causa de toda esta situação estão os alegados ganhos de capital fictícios, resultantes de várias trocas de jogadores de valor excessivo com o Cesena.

Quem também foi sancionado foi o presidente do clube, Luca Campedelli, que apanhou três meses de suspensão.

Acrescente-se que o Chievo apenas conquistou um ponto nestas primeiras três rondas da Série A pelo que ficará agora com menos dois pontos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.