Assim se reforçou a equipa mais portuguesa das ligas europeias

Um dia após ter fechado o mercado na Premier League que arranca precisamente hoje, é tempo agora de olhar para os plantéis das equipas.

O Wolves irá inevitavelmente merecer uma grande atenção da imprensa nacional pelo número considerável de jogadores portugueses que tem nos seus quadros.

É verdade que Roderick Miranda rumou ao Olympiacos por empréstimo, mas por outro lado entraram Rui Patrício e João Moutinho, duas das contratações mais sonantes. Além disso Rúben Vinagre e Diogo Jota que na última época estavam no clube por empréstimo foram comprados(o mesmo aconteceu com Boly e Bonatini).

Mas os Lobos não ficaram por aqui. Contrataram Adama Traoré que foi uma grande promessa de “La Masia” ao Middlesbrough onde brilhou na última temporada. O médio Dendoncker chegou emprestado pelo Anderlecht mas com  obrigação de compra, enquanto que Raul Jiménez foi emprestado pelo Benfica e Jonny Castro pelo Atlético de Madrid.

Por outro lado Nuno Espírito Santo não perdeu nenhum jogador importante e por isso tem um plantel de inegável qualidade para uma equipa que regressou ao principal escalão.

Com os portugueses Rui Patrício, Rúben Neves, Rúben Vinagre, João Moutinho, Pedro Rodrigues(provavelmente irá continuar a evoluir nos sub-23), Ivan Cavaleiro, Diogo Jota e Hélder Costa além de outros jovens que fazem parte da equipa sub-23 será interessante acompanhar o trajecto desta equipa numa das ligas mais entusiasmantes do mundo.