Rússia venceu a Espanha nas grandes penalidades e está nos quartos de final

A Rússia venceu a Espanha nas grandes penalidades depois de um empate a uma bola no tempo regulamentar e está nos quartos de final do Mundial.

Aos 12 minutos, a Espanha inaugura o marcador com autogolo de S. Ignashevich. Livre de Asensio para o segundo poste com Ignashevich a preocupar-se apenas com Ramos. Os dois jogadores caem e a bola bate no calcanhar do experiente central russo, que estava de costas para a baliza e acaba no fundo da baliza de Akinfeev.

Ainda antes do intervalo, aos 42 minutos, a Rússia estabelece o empate na conversão de uma grande penalidade. Samedov levanta para a área, Dzyuba cabeceia contra o braço de Piqué. Dzyuba na marca dos onze metros não desperdiçou.

Na segunda metade ambas as equipas tentaram chegar ao golo que podia permitir o acesso aos quartos de final, mas tudo acabou por ser decidido nas grandes penalidades depois de um prolongamento com pouca história.

Koke foi o primeiro a falhar e depois Iagos Aspas voltou a não conseguir introduzir a bola no fundo da baliza de Akinfeev.