Bruno de Carvalho suspenso por Comissão fiscalizadora

A comissão de fiscalização nomeada por Jaime Marta Soares decretou por unanimidade a suspensão preventiva com efeitos imediatos de Bruno de Carvalho e do Conselho Diretivo do Sporting.

A comissão acusou o presidente do Sporting de “violar os estatutos do clube”. Bruno de Carvalho fica suspenso dos cargos e também impedido de entrar em Alvalade, sendo que qualquer ato tomado a partir daqui pelo Conselho Diretivo do clube “será nulo e de nenhum efeito”.

Segundo Rita Garcia Pereira, a nota de culpa seguiu esta manhã para Alvalade e espera-se que não seja necessário recorrer “à via judicial e à remoção coerciva” de Bruno de Carvalho, garantindo que tal acontecerá se necessário.