Bruno de Carvalho diz que o «Sporting está a ser alvo de um ataque interno e externo»

Numa comunicação feita esta noite na sala de imprensa do Estádio de Alvalade, Bruno de Carvalho diz que o Sporting «está a ser alvo de um ataque externo e interno sem precedentes» que tem como objectivo provocar a sua demissão mas o máximo líder leonino garante que não se vai demitir, tal como os restantes membros dos orgãos sociais que ainda não se demitiram e que o acompanharam na sala de imprensa.

Bruno de Carvalho prosseguiu dirigindo-se aos adeptos leoninos: «Caros e caras sportinguistas, não nos demitimos a bem do Sporting, pelas responsabilidades que assumimos, por uma questão de trabalho que urge fazer e não por estarmos agarrados ao poder. Estamos disponíveis para prestar todos os esclarecimentos pedidos, tal como ficou comprovado com o pedido da convocação de uma Assembleia Geral Extraordinária. Esse é o local próprio, de acordo com os estatutos, para esclarecer todas as questões. Temos pela frente temas inúmeros, responsabilidades tremendas, um empréstimo obrigacionista, uma enorme temporada desportiva em 55 modalidades para preparar, e isso requer união. Relembro, são os órgãos executivos os que estão aqui comigo e os que sempre estiveram desde a primeira hora. Sei que aqui continuarão».