«O Salah está a fazer uma grande época. Parabéns ao Liverpool pelo negócio!» – Monchi

O diretor desportivo da Roma, Monchi, assumiu a responsabilidade pela venda do passe Mohamed Salah ao Liverpool.

«Foi eu que vendi o Salah, é preciso assumir a realidade. Vendi-o por pouco mais de 42 milhões», afirmou o dirigente em declarações à Onda Cero.

Salah foi o homem do jogo e tem sido um dos maiores destaques da Premier League esta temporada, que marca o regresso do egípcio à Premier League. Monchi, em declaração após a derrota da Roma frente ao Liverpool (5-2), lamenta a saída do jogador da Roma, mas diz que não havia outra hipótese por causa do Fair Play Financeiro.

«Ele queria sair e nós tínhamos que vender antes de 30 de junho, se não o fizéssemos, não estaríamos na Liga dos Campeões. Estávamos sob controlo apertado da UEFA. Quando cheguei, houve uma oferta de 30 milhões de euros pelo Salah, mas depois, com os bónus, chegámos aos 50. Fizemos o máximo que conseguimos naquela altura», frisou.

«O Salah está a fazer uma grande época. Por isso, parabéns ao Liverpool pelo negócio. Infelizmente, sofremos porque sabemos da sua qualidade. Não o descobrimos hoje. Eu já sofri com ele no Sevilha quando jogava na Fiorentina. É um jogador muito forte», acrescentou.